Connect with us

Internet das coisas

O que é gateway?

Published

on

O gateway é um tipo de barreira que serve para que a rede na qual o aparelho quer se conectar seja separada. É bem comum que, quando a pessoa não consegue navegar, seja mostrado no aviso que há um problema com o gateway padrão, ou seja, ele não está permitindo que o computador, por exemplo, passe por essa barreira.

Existem dois exemplos de gateway bastante famosos e que muitos internautas nem sabem que funcionam como essa barreira: um deles é o firewall e o outro é o proxy.

No caso do firewall, ele serve para identificar quando existe certa atividade suspeita naquela rede: apesar de ele não conseguir discriminar se é um vírus, por exemplo, ele sabe que algo malicioso está sendo feito e faz o bloqueio da conexão.

gateway o que é

Já o proxy é quase um tradutor: é ele que faz com que as solicitações de navegação, como os endereços de site, sejam encaminhadas de modo compreensível para o servidor externo e, dessa forma, possa-se abrir as páginas.

Também existem aparelhos físicos que são considerados gateways e que os internautas não sabem: o roteador. Afinal, o roteador precisa levar para a rede externa o IP e também todos os comandos: é fundamental que o servidor tenha tudo isso “traduzido” para que a conexão ocorra.

Proteção

Pelo que foi exemplificado usando o firewall, é possível entender como o gateway também colabora para que o computador seja protegido. Como ele faz a barreira entre o servidor externo e o local, ele funciona para que as ameaças da rede, tais como os softwares perigosos e outras maneiras de invasão, entrem na rede.

É por causa dessa funcionalidade que não se indica fazer a desabilitação do firewall. Muitos usuários fazem-na porque querem acessar determinados sites ou porque precisam fazer alguns downloads e o firewall não está permitindo: se não existir uma ação maliciosa, é possível que a “tradução” não esteja funcionando. Em todo caso, é melhor que o usuário só coloque determinado site como exceção em seu firewall se for muito necessário.

Utilização para empresas

Os recursos tecnológicos de hoje costumam ter alguma versão que é feita para as empresas e isso também já ocorreu com os gateways, havendo alguns que são para o setor logístico, mas das lojas virtuais. Não se deve ficar preso à etapa de entrega, mas à avaliação que o gateway permite de diversas partes da compra virtual, além de ser possível fazer a logística com preços menores e ainda de conseguir-se acompanhar melhor o carrinho.

Cabe salientar o gateway que serve para pagamentos e que também possibilita as lojas virtuais. É necessário que, quando o internauta coloca o seu cartão de crédito ou as suas informações bancárias, exista uma “comunicação”: caso contrário, os administradores daquele cartão não poderão permitir a transação.

O gateway de pagamento é muito rápido em todas as transações, embora não seja tanto para os boletos. É por isso que, quando eles são pagos, ainda demoram alguns dias para a financeira ser comunicada.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =